O Estado do Pará anuncia que terá Terminal de GNL

O Estado do Pará anuncia que terá Terminal de GNL

791
COMPARTILHAR

O Governo do Pará e a Norsk Hydro assinarão, amanhã, a partir as 15 horas, o acordo que viabilizará a implantação do primeiro Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito (TGNL) no Estado. A partir desse terminal, o gás natural estará disponível no Pará como um serviço público, a princípio para as indústrias e frota de veículos local. A Norsk Hydro é um conglomerado industrial norueguês com empresas ativas no campo da produção de alumínio e de energia renovável.

Fonte: Jornal da Amazônia

 

expandida por analysis

 

gnl-2017
CLIQUE PARA AMPLIAR

Iniciada no Brasil desde 2009, a importação de gás natural na forma de GNL (Gás Natural Liquefeito) tem assumido uma participação importante na formação da oferta de gás natural brasileira, especialmente para o atendimento das usinas termoelétricas.

Atualmente existem três terminais em operação: RJ, BA e CE. Em 2016, a quantidade de cargas importadas foram menores que outros anos, aumentando, assim, as reexportações. Atualmente está autorizada a exportação de cargas ociosas de GNL no mercado de curto prazo.  Estas exportações estão, nos termos do art. 5° da Portaria MME n° 67, de 1° de março de 2010, condicionadas à garantia do pleno abastecimento do mercado interno de gás natural.

gnl-2016_fechado
CLIQUE PARA AMPLIAR

 

reportsClique aqui e conheça nossos reports de acompanhamento das cargas de GNL ao Brasil, incluindo dados como volume, preços e país de origem.